O Senai iniciou, nesta quarta-feira (16/08), as formaturas simultâneas dos cursos de qualificação profissional básica, aprendizagem industrial e habilitação técnica nas unidades de Campo Grande, Maracaju e Sonora. Ao todo, foram certificados 253 alunos, que enxergaram nos cursos da instituição uma oportunidade de se inserir ou se manter no mercado de trabalho, cada vez mais exigente.

“Estamos com 157 profissionais novos no mercado de trabalho, que passaram pelos cursos de operador de computador, torneiro mecânico, eletricista de automação, mecânico de manutenção de motores Ciclo Otto, mecânico de manutenção de motores a diesel, assistente administrativo, assistente de produção e técnico em administração, que contemplam uma série de assuntos pertinentes à indústria”, informou o gerente do Senai de Campo Grande, Hélio Vilaça.

Ele destacou que esses formandos com certeza irão contribuir com o desenvolvimento da indústria de Mato Grosso do Sul. “Esses alunos agora têm a oportunidade de dar sequência, verticalizando a sua formação na graduação e pós-graduação, porque esse é só o início de uma vida profissional de sucesso para todos. Estamos muito felizes pela confiança que todos depositaram no Senai ao escolher essa instituição para estudar e continuamos de portas abertas para dar continuidade a esse processo de qualificação”, completou.

Oportunidade

Oradora da noite, a formanda do curso de assistente administrativo, Izabella Coelho da Silva, de 17 anos, já emendou o curso de técnico em administração logo em seguida. “Foi muito importante fazer esse primeiro curso porque até então não sabia muito o que queria da minha vida e aqui no Senai eu pude me conhecer melhor e decidir que quero ser uma mulher bem-sucedida. Para isso, sei que ainda tenho muito o que caminhar, mas quis continuar nessa formação profissional com o curso técnico e ano que vem pretendo fazer faculdade de Engenharia, só não decidi em qual área”, contou.

Relato parecido é do formando Rogério de Souza Rocha, de 25 anos, que iniciou o curso de torneiro mecânico por se espelhar no pai, que já seguia essa profissão, mas gostou tanto do conteúdo que já iniciou o curso de Tecnólogo em Automação Industrial, também no Senai. “Quando comecei o curso, trabalhava na área de produção de uma indústria aqui da cidade e hoje continuo na mesma função, mas tenho ajudado mais na parte de manutenção das máquinas por conta do conhecimento que adquiri aqui. Por isso resolvi dar continuidade na formação e investir num curso superior para, aos poucos, ir me destacando ainda mais na empresa e, quem sabe, conseguir uma promoção”, destacou.

Depois de 31 anos trabalhando como gerente de padaria, Manoel Elias Barbosa, de 52 anos, decidiu voltar aos bancos escolares para fazer o curso de torneiro mecânico e, após dois meses do início das aulas, já tinha uma tornearia. “Eu estava cansado de padaria e vi no curso de tornearia uma possibilidade de complementar minha aposentaria, quando vier, porque sempre trabalhei na área da panificação, mas me atraía muito essa área de manutenção de máquinas. Com certeza aprendi muito com o Senai, acho que foi um curso muito bom e já estou tendo sucesso no meu novo empreendimento. Acho que nunca é tarde para buscarmos conhecimento e buscar novas áreas de atuação”, considerou.

Maracaju e Sonora

Na mesma noite, o Senai de Maracaju certificou 37 novos profissionais, distribuídos pelos cursos de técnico em eletrotécnica, assistente administrativo e torneiro mecânico. Para o aluno do curso de torneiro mecânico, Sebastião Jerry Oliveira Machado, o certificado irá abrir novas portas no mercado de trabalho. “O Senai é uma instituição de grande importância na minha vida. Por meio dele, novos horizontes foram criados e com o aprendizado que nos foi ministrado me sinto preparado para novas oportunidade, sabendo que os cursos aqui nos levam para um futuro mais promissor”, ressaltou.

Já Dioni Lima Azevedo, que concluiu o curso técnico em eletrotécnica, reforçou as novas oportunidades a partir do diploma. “Já trabalhava quando iniciei o curso, mas acredito que com o conhecimento que adquiri aqui no Senai poderei ser mais valorizado, quem sabe conseguir uma promoção. De qualquer forma, vejo esse incremento no currículo como uma forma de buscar me destacar no mercado de trabalho”, salientou.

Em Sonora, foram certificados 59 alunos distribuídos pelos cursos técnicos em eletrotécnica, em química e em operador de computador. Na avaliação da formanda do curso de operador de computador, Kleidinalva Fernandes Araújo, a formação trouxe mais conhecimento do que esperava. “Eu não esperava um curso tão completo, o que facilita na hora de encontrarmos um bom emprego, porque temos capacidade para desempenhar as funções”, afirmou.

A aluna Douriéte Ferreira dos Santos concluiu o curso técnico em química e elogiou o Senai e acredita que o certificado irá abrir novas portas. “Comecei o curso já com o objetivo de trabalhar na indústria, que é bastante forte aqui no município. Agora, concluindo o curso, acho que minhas chances de conseguir uma vaga nessa área são maiores e estou confiante”, finalizou.